cross of christ built into a brick wall
son of god_t_nv
Three Crosses and Silhoutted Person in Prayer at Sunrise

Eu preciso me arrepender para ser salvo?

Por Thiago Zambelli

No início do século passado, nas igrejas americanas, havia muitos bancos colocados próximos do púlpito para pessoas lamentar por seus pecados e ali, entregarem suas vidas a Cristo. Hoje, muitos cristãos semelhantemente a estes que usavam os mourners’ bench (banco dos pranteadores), consideram que o lamento ou tristeza são expressões essenciais de um genuíno arrependimento. Entretanto, o conceito bíblico de arrependimento não se refere às emoções como parte do significado básico, ou fundamental, mas a uma mudança de paradigma, de mentalidade, direção, de ideia. Lamentar-se ou entristecer-se pode ou não incorporar um genuíno arrependimento, mas o fato é que nem lamentar, nem entristecer fazem parte do verdadeiro significado de arrependimento. Continuar lendo

pelagius

Cuidado: Pelágio está à solta

Por Ricardo Rocha

Recentemente me deparei com uma pergunta que já foi inquirida milhares de vezes e respondida sem hesitação por várias pessoas em diversos graus de conhecimento teológico e a perguunta foi: O cristão pode perder a salvação? Com certeza se você nunca perguntou, já deve ter ouvido alguém perguntar. Tenho uma resposta claramente definida em minha mente e coração e principalmente embasada nas Escrituras e ratificada por grandes teológos de nossa história eclesiática, mas esse artigo não é sobre a perseverança dos santos, mas sim sobre um comentário que alguém que respondeu a essa pergunta postou: “PARA SER SALVO TEM QUE PERSEVERAR ATÉ O FIM,” disse a entrevistada. Continuar lendo

foto

Deus é o responsável pelo crescimento da Igreja

E o Senhor lhes acrescentava todos os dias os que iam sendo salvos – Atos 2:47

Essa sentença é a parte final do verso 47 de Atos 2. Segundo a tradução apresentada (NVI), existe um processo de acrescentar à Igreja aqueles que diariamente estavam sendo salvos pela proclamação do evangelho feita pelos cristãos. Tal ação é atribuída ao Senhor (que nesse caso parece indicar Deus Pai) como Aquele que acresce à Igreja seus novos membros. Continuar lendo