Divindade de Cristo segundo as escrituras


A Divindade de Cristo nas Escrituras é reconhecida por seis claras características

  1. Cristo manifesta Atributos exclusivos da divindade
  2. Cristo possui Cargos exclusivos da divindade
  3. Cristo recebe e afirma Prerrogativas da divindade
  4. A divindade de Cristo é percebida por sua relação com o Pai
  5. A divindade de Cristo é percebida na adoração que recebe
  6. A divindade de Cristo é anunciada pelos Títulos que usa e recebe

A. Atributos Divinos

Cristo manifesta ao menos quatro atributos exclusivos da divindade de Cristo, observe:

Eternidade

  1. Existe antes de João (Jo.1.15): “João testemunha a respeito dele e exclama: Este é o de quem eu disse: o que vem depois de mim tem, contudo, a primazia, porquanto já existia antes de mim
  2. Antes de Abraão (Jo.8.58): “Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade eu vos digo: antes que Abraão existisse, EU SOU
  3. Antes do mundo existir (Jo.17.5): “Eu te glorifiquei na terra, consumando a obra que me confiaste para fazer, e, agora, glorifica-me, ó Pai, contigo mesmo, com a glória que eu tive junto de ti, antes que houvesse mundo
  4. Antes do princípio (Jo.1.1): “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus”
  5. Continua para sempre (Hb.1.11): “No princípio, Senhor, lançaste os fundamentos da terra, e os céus são obra das tuas mãos, eles perecerão; tu, porém, permaneces; sim, todos eles envelhecerão qual veste”

Onisciência

  1. Conhece todas as coisas (Jo.16.30; 21.17): “Agora, vemos que sabes todas as coisas e não precisas de que alguém te pergunte; por isso, cremos que, de fato, vieste de Deus”; “Pela terceira vez Jesus lhe perguntou: Simão, filho de João, tu me amas? Pedro entristeceu-se por ele lhe ter dito, pela terceira vez: Tu me amas? E respondeu-lhe: Senhor, tu sabes todas as coisas, tu sabes que eu te amo. Jesus lhe disse: Apascenta as minhas ovelhas”
  2. Coração dos homens (Jo.2.24, 25): “mas o próprio Jesus não se confiava a eles, porque os conhecia a todos. 25 E não precisava de que alguém lhe desse testemunho a respeito do homem, porque ele mesmo sabia o que era a natureza humana
  3. Pensamento dos homens (Lc.6.8): “Mas ele, conhecendo-lhes os pensamentos, disse ao homem da mão ressequida: Levanta-te e vem para o meio; e ele, levantando-se, permaneceu de pé”
  4. A história das pessoas (Jo.4.29): “Vinde comigo e vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito. Será este, porventura, o Cristo?”
  5. Nele está oculto todo o conhecimento (Cl.2.3): “para que o coração deles seja confortado e vinculado juntamente em amor, e eles tenham toda a riqueza da forte convicção do entendimento, para compreenderem plenamente o mistério de Deus, Cristo, em quem todos os tesouros da sabedoria e do conhecimento estão ocultos

Onipotencia

  1. Sustenta todas as coisas (Hb.1.3): “Ele, que é o resplendor da glória e a expressão exata do seu Ser, sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade, nas alturas”
  2. Tem toda autoridade (Mt.28.18): “Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra”
  3. Sobre demônios (Mc.5.11-15): “Ora, pastava ali pelo monte uma grande manada de porcos. 12 E os espíritos imundos rogaram a Jesus, dizendo: Manda-nos para os porcos, para que entremos neles. 13 Jesus o permitiu. Então, saindo os espíritos imundos, entraram nos porcos; e a manada, que era cerca de dois mil, precipitou-se despenhadeiro abaixo, para dentro do mar, onde se afogaram. 14 Os porqueiros fugiram e o anunciaram na cidade e pelos campos. Então, saiu o povo para ver o que sucedera. 15 Indo ter com Jesus, viram o endemoninhado, o que tivera a legião, assentado, vestido, em perfeito juízo; e temeram”
  4. Doenças (Lc.4.38-41): “Deixando ele a sinagoga, foi para a casa de Simão. Ora, a sogra de Simão achava-se enferma, com febre muito alta; e rogaram-lhe por ela. 39 Inclinando-se ele para ela, repreendeu a febre, e esta a deixou; e logo se levantou, passando a servi-los. 40 Ao pôr-do-sol, todos os que tinham enfermos de diferentes moléstias lhos traziam; e ele os curava, impondo as mãos sobre cada um. 41 Também de muitos saíam demônios, gritando e dizendo: Tu és o Filho de Deus! Ele, porém, os repreendia para que não falassem, pois sabiam ser ele o Cristo”
  5. Morte (Mt.9.25; Lc.7.14): “Vendo Jesus que a multidão concorria, repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo e surdo, eu te ordeno: Sai deste jovem e nunca mais tornes a ele”; “Chegando-se, tocou o esquife e, parando os que o conduziam, disse: Jovem, eu te mando: levanta-te!”
  6. Natureza (Mt.8.26; Jo.2.11): “Perguntou-lhes, então, Jesus: Por que sois tímidos, homens de pequena fé? E, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar; e fez-se grande bonança”; “Com este, deu Jesus princípio a seus sinais em Caná da Galiléia; manifestou a sua glória, e os seus discípulos creram nele”
  7. Autodenomina Todo Poderoso (Ap.1.8): “Eu sou o Alfa e Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, que era e que há de vir, o Todo-Poderoso”

Imutabilidade

  1. Pessoa, caráter (Hb.13.8; 1.12): “Jesus Cristo, ontem e hoje, é o mesmo e o será para sempre”; “também, qual manto, os enrolarás, e, como vestes, serão igualmente mudados; tu, porém, és o mesmo, e os teus anos jamais terão fim”
  2. Existência (Jo.8.58): “Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade eu vos digo: antes que Abraão existisse, EU SOU
  3. Santo (Hb.7.28): “Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens sujeitos à fraqueza, mas a palavra do juramento, que foi posterior à lei, constitui o Filho, perfeito para sempre”

B. Cargos exclusivos de Deus

Além de atributos exclusivos da divindade, Jesus Cristo exerce cargos e funções exclusivas de Deus.

  1. Criador (Hb.1.10; Jo.1.3): “No princípio, Senhor, lançaste os fundamentos da terra, e os céus são obra das tuas mãos”; “Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez
  2. Sustentador (Cl.1.17; Hb.1.3): “Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste”; “Ele, que é o resplendor da glória e a expressão exata do seu Ser, sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade, nas alturas”
  3. Salvador (Is.43.11; At.4.12): “Eu, eu sou o SENHOR, e fora de mim não há salvador”; “E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos”

C. Prerrogativas divinas

Além de atributos e cargos exclusivos da divindade

1. Perdoa pecados (Mt.9.2): “E eis que lhe trouxeram um paralítico deitado num leito. Vendo-lhes a fé, Jesus disse ao paralítico: Tem bom ânimo, filho; estão perdoados os teus pecados

2. Ressuscita mortos (Jo.11.43; 20.25): “E, tendo dito isto, clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora!”

3. Juiz:

a. Dos cristãos (2Co.5.10; Rm.14.10): “Porque importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo”; “Tu, porém, por que julgas teu irmão? E tu, por que desprezas o teu? Pois todos compareceremos perante o tribunal de Deus

b. Anticristo e seus seguidores (Ap.19.15): “Sai da sua boca uma espada afiada, para com ela ferir as nações; e ele mesmo as regerá com cetro de ferro e, pessoalmente, pisa o lagar do vinho do furor da ira do Deus Todo-Poderoso”

c. Das nações (At.17.31): “porquanto estabeleceu um dia em que há de julgar o mundo com justiça, por meio de um varão que destinou e acreditou diante de todos, ressuscitando-o dentre os mortos”

d. Satanás (Gn.3.15): “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar”

e. Ímpios (At.10.42; Mt.25.31-32): “e nos mandou pregar ao povo e testificar que ele é quem foi constituído por Deus Juiz de vivos e de mortos”; “Quando vier o Filho do Homem na sua majestade e todos os anjos com ele, então, se assentará no trono da sua glória, e todas as nações serão reunidas em sua presença, e ele separará uns dos outros, como o pastor separa dos cabritos as ovelhas”

D. Relação com o Pai

Jesus Cristo é apresentado em um íntimo relacionamento com Deus, que comprova sua posição divina.

1. Pai, Filho e ES:

a. No batismo (Mt.28.20): “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo

b. Bênção Apostólica (2Co.13.13): “A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós”

2. Resplendor do Pai (Hb.1.3): “Ele, que é o resplendor da glória e a expressão exata do seu Ser, sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade, nas alturas”

3. Imagem do Pai (Cl.1.15; Jo.14.9): “Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação”; “Disse-lhe Jesus: Filipe, há tanto tempo estou convosco, e não me tens conhecido? Quem me vê a mim vê o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai?”

4. Unidade com o Pai (Jo.10.30): “Eu e o Pai somos um”

5. Agem em conjunto (Jo.14.23): “Respondeu Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada”

6. Possuem tudo em conjunto (Jo.16.15): “Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso é que vos disse que há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar”

E. Recebe adoração

Jesus Cristo também recebe dos homens e anjos aquilo que somente Deus pode receber: adoração.

  1. Pedro (Lc.5.8): “Vendo isto, Simão Pedro prostrou-se aos pés de Jesus, dizendo: Senhor, retira-te de mim, porque sou pecador”
  2. Apóstolos (Mt.14.33): “E os que estavam no barco o adoraram, dizendo: Verdadeiramente és Filho de Deus!”
  3. Mulher cananéia (Mt.15.25): “Ela, porém, veio e o adorou, dizendo: Senhor, socorre-me!”
  4. Maria e a Madalena (Mt.28.9): “E eis que Jesus veio ao encontro delas e disse: Salve! E elas, aproximando-se, abraçaram-lhe os pés e o adoraram”
  5. Cristãos (1Co.1.2): “à igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados para ser santos, com todos os que em todo lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso”
  6. Deus ordema que todos os anjos o adores (Hb.1.6): “E, novamente, ao introduzir o Primogênito no mundo, diz: E todos os anjos de Deus o adorem
  7. Pai ordem que todos o adorem (Jo.5.23): “Para que todos honrem o Filho, como honram o Pai. Quem não honra o Filho, não honra o Pai que o enviou”

F. Títulos divinos

Jesus Cristo também recebe e usa títulos exclusivos de Deus.

Senhor (YHWH)

  1. Criador (Sl.102.23-24; Hb.1.10-12): “Ele me abateu a força no caminho e me abreviou os dias. 24 Dizia eu: Deus meu, não me leves na metade de minha vida; tu, cujos anos se estendem por todas as gerações”; “Ainda: No princípio, Senhor, lançaste os fundamentos da terra, e os céus são obra das tuas mãos; 11 eles perecerão; tu, porém, permaneces; sim, todos eles envelhecerão qual veste; 12 também, qual manto, os enrolarás, e, como vestes, serão igualmente mudados; tu, porém, és o mesmo, e os teus anos jamais terão fim”
  2. Senhor visto por Isaías (Is.6.1; Jo.12.41): “No ano da morte do rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as abas de suas vestes enchiam o templo”; “Isto disse Isaías porque viu a glória dele e falou a seu respeito
  3. Precedido por um mensageiro (Is.40.3; Mt.3.3): “Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do SENHOR; endireitai no ermo vereda a nosso Deus”; “Porque este é o referido por intermédio do profeta Isaías: Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas”
  4. Estaria entre o povo (Nm.21.6; 1Co.10.9): “Então, o SENHOR mandou entre o povo serpentes abrasadoras, que mordiam o povo; e morreram muitos do povo de Israel”; “Não ponhamos o Senhor à prova, como alguns deles já fizeram e pereceram pelas mordeduras das serpentes”
  5. Santificado (Is.2.13; 1Pe.3.15): “Mas o SENHOR dos Exércitos é exaltado em juízo; e Deus, o Santo, é santificado em justiça”
    “antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós”
  6. Invocar (Jol.2.31; At.2.21; Rm.10.9, 13): “E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo; porque, no monte Sião e em Jerusalém, estarão os que forem salvos, como o SENHOR prometeu; e, entre os sobreviventes, aqueles que o SENHOR chamar”; “E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”; “Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo (…)Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo

Eu Sou

  1. Pão vivo que desce do céu (Jo.6.38, 41, 48): “Porque eu desci do céu, não para fazer a minha própria vontade, e sim a vontade daquele que me enviou (…) Murmuravam, pois, dele os judeus, porque dissera: Eu sou o pão que desceu do céu (…) Eu sou o pão da vida”
  2. Luz do mundo (Jo.8.12): “De novo, lhes falava Jesus, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida”
  3. Dos céus (Jo.8.23): “E prosseguiu: Vós sois cá de baixo, eu sou lá de cima; vós sois deste mundo, eu deste mundo não sou”
  4. Caminho, verdade e vida (Jo.14.6): “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”
  5. Ressurreição e a vida (Jo.11.25): “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá”
  6. Alfa e ômega (Ap.22.13): “Eu sou o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Princípio e o Fim”
  7. ABSOLUTO (Jo.8.24, 28, 8.58; 13.19): “Por isso, eu vos disse que morrereis nos vossos pecados; porque, se não crerdes que EU SOU, morrereis nos vossos pecados”; “Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade eu vos digo: antes que Abraão existisse, EU SOU”; “Desde já vos digo, antes que aconteça, para que, quando acontecer, creiais que EU SOU”

Filho do Homem

  1. Perdoar pecados (Lc.5.24): “Mas, para que saibais que o Filho do Homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados — disse ao paralítico: Eu te ordeno: Levanta-te, toma o teu leito e vai para casa”
  2. Senhor do Sábado (Lc.6.5): “E acrescentou-lhes: O Filho do Homem é Senhor do sábado
  3. Exercer Juízo (Jo.5.27): “E lhe deu autoridade para julgar, porque é o Filho do Homem
  4. Morte pelos pecadores (Mt.20.28): “tal como o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos
  5. Ordenará os anjos (Mt.13.41): “Mandará o Filho do Homem os seus anjos, que ajuntarão do seu reino todos os escândalos e os que praticam a iniqüidade”
  6. Se assentará no trono de sua glória (Mt.19.28): “Jesus lhes respondeu: Em verdade vos digo que vós, os que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do Homem se assentar no trono da sua glória, também vos assentareis em doze tronos para julgar as doze tribos de Israel”

Senhor (kyriós)

  1. Pessoas suplicam na retribuição (Mt.7.21, 22): “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. 22 Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres?”
  1. Desde o nascimento (Lc.2.11): “é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor
  2. Alvo da fé (At.16.31): “Responderam-lhe: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa”
  3. Confissão cristológica (1Co.12.3): “Por isso, vos faço compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus afirma: Anátema, Jesus! Por outro lado, ninguém pode dizer: Senhor Jesus!, senão pelo Espírito Santo
  4. Confissão escatológica (Fp.2.11): “e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai”

Filho de Deus

  1. Realizará julgamento (Jo.5.22):“E o Pai a ninguém julga, mas ao Filho confiou todo julgamento
  2. Auto-existente (Jo.5.21): “Porque assim como o Pai tem vida em si mesmo, também concedeu ao Filho ter vida em si mesmo
  3. Vivifica a quem quer (Jo.5.21): “Pois assim como o Pai ressuscita e vivifica os mortos, assim também o Filho vivifica aqueles a quem quer
  4. Dá vida eterna (Jo.10.10): “O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância
  5. O Pai ordena que todos deem honra ao Filho como o dão a Ele (Jo.5.23): “a fim de que todos honrem o Filho do modo por que honram o Pai. Quem não honra o Filho não honra o Pai que o enviou”

Deus

  1. Mesma natureza (Jo.1.1): “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus
  2. Deus único (Jo.1.18): “Ninguém jamais viu a Deus; o Deus unigênito, que está no seio do Pai, é quem o revelou”
  3. Deus pessoal (Jo.20.28): “Respondeu-lhe Tomé: Senhor meu e Deus meu!”
  4. Nosso grande Deus e Salvador (Tt.2.13; 2Pe.1.1): “aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus”; “Simão Pedro, servo e apóstolo de Jesus Cristo, aos que conosco obtiveram fé igualmente preciosa na justiça do nosso Deus e Salvador Jesus Cristo
  5. Senhor e Salvador (2Pe.1.11): “Pois desta maneira é que vos será amplamente suprida a entrada no reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo
  6. Verdadeiro Deus (1Jo.5.20): “Também sabemos que o Filho de Deus é vindo e nos tem dado entendimento para reconhecermos o verdadeiro; e estamos no verdadeiro, em seu Filho, Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna

Um comentário sobre “Divindade de Cristo segundo as escrituras

Os comentários estão desativados.