Introdução a Cristologia e Pneumatologia – Aula 5

Anúncios

A história, Jesus e a Trindade

Um dos desafios de se manter um blog de teologia na Internet, é responder algumas perguntas teológicas de pessoas que não participam da fé cristã. É muito difícil estabelecer um campo conceitual em comum para dialogar sobre um assunto que temos como verdade com pessoas que a priori a rejeitam. Nesses pouco mais de oito anos de Teologando, já aprendi muito nesses diálogos, e acredito que ainda posso aprender mais. Continue lendo “A história, Jesus e a Trindade”

O Pentecostalismo e seus Danos à Igreja de Deus

por Marcos Mendes Granconato

A. Os Três Perigos

Ao longo de sua história, a igreja cristã tem enfrentado três graves perigos: o paganismo, o papismo e o pentecostalismo.

paganismo ameaçou a igreja logo nos primeiros anos de sua existência, especialmente por meio de um misto de religiões, filosofias e fábulas que mais tarde ficou conhecido como gnosticismo. Esse modelo exercia forte atração sobre os cristãos menos preparados porque, além de oferecer experiências místicas, como visões e coisas do tipo (Cl 2.18), também impunha aos seus seguidores normas de conduta que pareciam piedosas — regrinhas como “não pode isso”, “não pode aquilo” (Cl 2.20-23). O maior atrativo do gnosticismo, porém, estava na alegação de que seus adeptos formavam uma elite espiritual detentora de um grau de espiritualidade e conhecimento (gnosis) que outras pessoas eram incapazes de ter. Continue lendo “O Pentecostalismo e seus Danos à Igreja de Deus”

O Cristão e a Plenitude Divina

“Portanto, vede diligentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, usando bem cada oportunidade, porquanto os dias são maus. Por isso, não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, no qual há devassidão, mas enchei-vos do Espírito” (Ef.5.15-18)
Continue lendo “O Cristão e a Plenitude Divina”