Porque Eu Acredito no Nascimento Virginal

Nessa aula, Marcelo Berti se propõe a:

  1. Identificar a fundamental importância teológica para a doutrina do nascimento virginal
  2. Avaliar o silêncio do NT a respeito do nascimento virginal de Jesus
  3. Comparar as principais sugestões de similaridade entre a história do nascimento de Jesus e alguns mitos greco-romanos
  4. Avaliar a plausibilidade histórica do nascimento virginal de Cristo

A versão em PDF da apresentação usada na aula pode ser vista aqui.

Em Chamas

Certa vez, um jovem cristão da igreja Assembléia de Deus e estudante de teologia participou de um culto onde um jovem evangelista pregava. Na ocasião, esse evangelista contou uma história que o jovem estudante de teologia já conhecia, e sabia que o evento não tinha acontecido tal como contava o evangelista. Na manhã seguinte, ele resolveu abordar o evangelista para ajudá-lo a entender melhor a história. Infelizmente seus esforços não foram recebidos com muito entusiasmo, e no culto noturno no mesmo dia, aquele jovem evangelista falou uma das frases que marcaria sua vida: “Eu prefiro ser um tolo em chamas, do que um teólogo no gelo.” Naquele momento ele percebeu que havia encontrado um tolo em chamas, mas que não gostaria em hipótese nenhuma ser um teólogo no gelo. Foi nessa ocasião que ele decidiu ser um teólogo em chamas! Continue lendo “Em Chamas”

Estupro, machismo e a mania de culpar a Igreja

rosa_caída

Eu fico admirado com a quantidade de heróis sociais evangélicos que se levantam na web para mostrar toda a sua indignação e culpar as igrejas e o cristianismo. Agora virou moda jogar para a torcida e atacar o próprio arraial quando algo de trágico ocorre no mundo. Dá ibope. A Igreja e os cristãos viraram o bode expiatório de toda barbárie que pulula no jornal ou na rede. E todos batem palmas. Como se pedir desculpas em nome dos cristãos fosse resolver alguma coisa. Continue lendo “Estupro, machismo e a mania de culpar a Igreja”

O Maior Problema da Interpretação

Nos últimos post tenho enfatizado o quanto uma metodologia hermenêutica adequada é fundamental para a Teologia. No post Escravidão, Escritura e Hermenêutica tentei demonstrar que existem alguns pressupostos hermenêuticos que não são adequados para a interpretação bíblica, mesmo quando são defendidos por cristãos zelosos e apaixonados pela escritura. Nesse artigo, pretendo continuar falando sobre hermenêutica, e gostaria de demonstrar o que acredito ser o maior problema da hermenêutica bíblica. Continue lendo “O Maior Problema da Interpretação”

Teologando Sobre o Jesus Histórico – Parte 2

No post anterior tive a oportunidade de iniciar um diálogo sobre e o Jesus Histórico  com o pessoal do Bibotalk, mas como a conversa foi longa, um segundo podcast sobre o assunto foi colocado no ar hoje. Nesse episódio chamado A Busca do Jesus Histórico nós conversamos sobre questões conceituais ligadas à pesquisa do Jesus Histórico, como pressupostos, métodos de pesquisa, diferentes abordagens e em especial como nós cristãos podemos fazer parte desse empreendimento histórico-teológico.

Se você quiser baixar o audio dessa conversa, clique aqui.

Por que sou contra o aborto

Poucas coisas nesse mundo causam-me desgosto. Por assumir uma visão normativamente negativa da humanidade, acredito que a existência e a prática de atos deploráveis são possíveis aos homens, em qualquer época e lugar, religião ou filosofia, por qualquer razão ou falta dela, a quem quer que seja por quem quer que for. E isso é claramente demonstrado na experiência humana, seja nos livros de história ou nas histórias do Datena. Num mundo com claras tendências ao mal, tenho a convicção de que a maldade do homem pode ser  manifesta de diferentes modos e a qualquer momento. Entretanto, a questão da luta pela liberdade do aborto me causa um amargo desgosto.

Continue lendo “Por que sou contra o aborto”

Majoração, Minoração e Redenção: Um Ensaio Sobre a Questão da Maioridade Penal

O DILEMA DA REDENÇÃO SOCIAL

A sociedade moderna, inspirada pelos princípios do Iluminismo, entende que a solução para os problemas sociais da corrupção, violência e injustiça está na educação. Sustenta-se a ideia de que a educação é o agente redentor de uma sociedade marcada por males, como o é a sociedade brasileira.[1] A lógica é simples: se todos os brasileiros tiverem acesso à educação, isto é, se o Brasil for a verdadeira “pátria educadora”, tais males deixarão de existir, ou no pior dos cenários diminuirão de tal maneira que não serão mais chagas sociais. Continue lendo “Majoração, Minoração e Redenção: Um Ensaio Sobre a Questão da Maioridade Penal”

Faça um bom uso da Internet: Faça Teologia

Não precisa ser nenhum especialista em tecnologia para saber que grande parte do que existe na Internet não merece ser acessado. Não apenas em função daquele tipo de informação ignorante, mas também daquele tipo de conteúdo imoral. Por outro lado, sabendo utilizar esse recurso, o estudante das escrituras pode se beneficiar e muito das vantagens da internet. Por isso, nesse post pretendo deixar um guia de como o estudante das escrituras pode fazer um bom uso do conteúdo disponível na internet: Cursos gratuitos de teologia nas mais importantes instituições teológicas do mundo. Continue lendo “Faça um bom uso da Internet: Faça Teologia”

A Questão da Homossexualidade

VOX SCRIPTURAE (5:1 – Março de 1995; 43 – 70). Este artigo também foi publicado em Todah Elohim em forma de série, nomeada “A Questão da Homossexualidade.” Todo o texto pode ser visto num formato amigável no issuu (clique aqui)

por, Carlos Osvaldo Pinto e Luiz A. T. Sayão[1] Continue lendo “A Questão da Homossexualidade”

Exegese e Tecnologia: Um guia para o estudante das escrituras

Estudar teologia sempre foi uma tarefa desafiadora. Exige-se muito tempo, muito esforço, muita dedicação, mas nada se compara com o trabalho necessário para se fazer uma exegese bem feita. A própria natureza da exegese fez com que essa atividade teológica fosse relegada a poucos. Também pudera: A aptidão para investigar detalhes linguísticos, léxicos, gramaticais, sintáticos, morfológicos ou ainda a constituição literária, estrutural de determinado texto exigia do teólogo uma dedicação sobrehumana, que além do conhecimento técnico da empreitada, exigia ainda o acesso a livros caros, pesados e de difícil manuseio. Não é à toa que são poucos os que realmente se dedicam a essa atividade teológica. Continue lendo “Exegese e Tecnologia: Um guia para o estudante das escrituras”