Decepcionados com a Graça – Uma Análise (4/4)

C. Prática Pastoral

Para PR a principal falha do movimento e o fator que mais pessoas se decepcionam com Deus é a completa falta da graça na teologia e prática neopentecostal. Para tratar do assunto, PR de modo sumário passa a defini termo, cita autores como Swindoll, Yancey e conclui que graça é o favor imerecido de Deus:

Certa vez ouvi um pregador comentar sobre a diferença entre misericórida e graça. Explicou que misericórida é quando Deus não dá a pessoa o que ela merece. De fato, todo ser humano merece a ira de Deus, a separação dele e a perdição. Entretanto, Deus em suamisericórdia não age desse modo. Graça por sua vez é quando Deus dá ao ser humano o que ele não merece. Ninguém merece perdão, salvação, vida eterna, comunhão com Deus e paz. O Senhor, porém, em sua graça pode lhe dar tudo isso, pois é favor imerecido. (pp169) Continue lendo “Decepcionados com a Graça – Uma Análise (4/4)”

Anúncios

Decepcionados com a Graça – Uma Análise (3/4)

B. Os aspectos Teológicos do Neopentecostalismo

O neopentecostalismo nasce do desenvolvimento do pentecostalismo e adota exatamente o desapreço pelo estudo teológico e bíblico. O ambiente de desenvolvimento do pentecostalismo, por sua vez, acontece em um ambiente mais frio e provavelmente ao desenvolvimento da teologia liberal, que em seus enfadonhos estudos, chegou a negar diversos aspectos da fé cristã. Continue lendo “Decepcionados com a Graça – Uma Análise (3/4)”

Decepcionados com a Graça – Uma Análise (2/4)

A. As origens do Movimento Neopentecostal

Paulo Romeiro (PR) defende em primeiro lugar que o neopentecostalismo tem suas raízes no pentecostalismo (pp21), que por sua vez pode ter conexão com antigos movimentos históricos como o Montanismo (pp.23). PR traça a influência do movimento peitista da Alemanhã protestante para o desenvolvimento do Pentecostalísmo, que já tem sido chamado de clássico. Continue lendo “Decepcionados com a Graça – Uma Análise (2/4)”

Decepcionados com a Graça – Uma Análise (1/4)

Informações Gerais sobre o Livro

Livro: Decepcionados com a Graça

Autor: Paulo Romeiro

Editora: Mundo Cristão

Descrição da Editora: O último lugar do mundo no qual as pessoas esperam se decepcionar é no ambiente de uma igreja. Tida como o espaço terapêutico da alma por excelência, ela representa, para muitos, a última esperança de felicidade ou de restauração. E é justo que seja assim – afinal, esta é sua vocação desde que foi instituída por Jesus, há cerca de 2 mil anos. Continue lendo “Decepcionados com a Graça – Uma Análise (1/4)”

Nossa Igreja Brasileira – Uma Análise (4/4)

Pontos de Atenção

Nem tudo são flores, nem mesmo com AR. O autor deste livro me impressiona com seu modo de escrever e pensar sobre o cristianismo. Já participei de palestras com o mesmo, já li artigos em seu blog, comentários de outros eventos que não pude participar e confesso, tenho afeição pelo modo que ensina e como é hábil ao movimentar jovens a ação. Continue lendo “Nossa Igreja Brasileira – Uma Análise (4/4)”

Nossa Igreja Brasileira – Uma Análise (3/4)

Sugestões de Melhorias/Acertos propostos

AR quando inicia a falar sobre suas propostas de acerto, ou quem sabe de melhoria, ele inicia por demonstrar a situação da sociedade como evidência de uma falha moral e espiritual da Igreja. A visão de AR em geral é essencialmente fundamentada na Teologia da Missão integral. Segundo Ed René Kivitz:

A proposta da missão integral como agenda ministerial para a Igreja é mais do que evangelismo pessoal e assistência social; é convocação para rendição ao senhorio de Cristo, para perdão dos pecados e recebimento do dom do Espírito Santo (Missão Integral§) Continue lendo “Nossa Igreja Brasileira – Uma Análise (3/4)”

Nossa Igreja Brasileira – Uma Análise (1/4)

Informações Gerais sobre o Livro

Livro: Nossa Igreja Brasileira

Autor: Ariovaldo Ramos

Editora: Hagnos (http://hagnos.com.br/)

Descrição da Editora: O livro apresenta uma visão recente da igreja brasileira. Analisa as tendências da igreja atual e dos desafios de ser cristão e igreja no contexto brasileiro e dá ao leitor a oportunidade de refletir sobre a essência bíblica e a Prática da igreja e de avaliar rumos para um desenvolvimento ministerial relevante dentro da sociedade contemporânea. Continue lendo “Nossa Igreja Brasileira – Uma Análise (1/4)”