Esboço de Filipenses

Recentemente visitando o blog Veritatis Verbum, organizado por Lucas Rangel, grande amigo de longa data, encontrei um post que muito me chamou a atenção: Um esboço da carta de Filipenses.

Como realmente gosto de esboços que representem o texto, mas também tenham seu toque de personalidade, encontrei nesse esboço um exemplo de trabalho bem feito disponibilizo para os leitores do Teologando.

Bom Proveito! Continue lendo “Esboço de Filipenses”

Anúncios

Como entender Filipenses 3.11?

“Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo, ser achado nele, não tendo justiça própria, que procede de lei, senão a que é mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus, baseada na fé; para o conhecer, e o poder da sua ressurreição, e a comunhão dos seus sofrimentos, conformando-me com ele na sua morte; para, de algum modo, alcançar a ressurreição dentre os mortos. Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus”

Paulo de Tarso, Carta aos Filipenses. 3.8-11 Continue lendo “Como entender Filipenses 3.11?”