Parte 2: Humanidade Dividida – Os Filhos de Sete

É muito interessante o modo como Moisés nos apresenta a história da humanidade: Ele claramente opta por apresentar separadamente a história dos homens que se dedicaram a Yahweh em contraste aos que resolveram viver longe dele. Ainda que Moisés possa identificar na genealogia de Caim algumas virtudes profissionais e artísticas, é na descendência de SeteContinuar lendo “Parte 2: Humanidade Dividida – Os Filhos de Sete”

Sete, o outro irmão de Caim

Um dos detalhes que não se vê em Gênesis 4 é a reação dos pais, Adão e Eva, ao perderem em um curto período de tempo, dois filhos. Ao matar Abel, Caim é feito vaguear pela terra como errante e distante de seus familiares. É bem verdade que Adão e Eva tiveram filhos e filhas,Continuar lendo “Sete, o outro irmão de Caim”

Caim e a Graciosa Ira de Deus

É interessante que a despeito de todos os alertas divinos Caim manteve-se obstinado eu seu furor contra seu irmão. Caim estava tão irado, que nem mesmo Deus o conseguiu convencer de sua obstinação. Sua completa rejeição do conselho de Deus demonstra também que Caim dava pouco valor às palavras de Deus. Entretanto, Deus não oContinuar lendo “Caim e a Graciosa Ira de Deus”

A Religiosidade de Caim

Em poucas palavras, o livro de Gênesis nos apresenta Caim, com sua profissão e religião. Talvez o interesse do autor não fosse uma descrição detalhada sobre a vida dos irmãos, fato que podemos perceber na exclamação de Eva que chamou um infante de homem, varão. Os detalhes da biografia não são claros, e temos porContinuar lendo “A Religiosidade de Caim”

Série sobre Caim: Introdução

A história de Caim não está demonstrada por acaso nas escrituras. Sua atitude para com seu irmão serve como um claro ilustrativo dos efeitos da queda sobre os seres humanos. Aquele ser criado para estar com Deus, criado para amar, prefere sua distância de seu Criador e dá ao ódio liberdade e os efeitos sãoContinuar lendo “Série sobre Caim: Introdução”

Maldade do Homem: A causa do dilúvio

“Chegamos agora a uma parte profundamente importante e fortemente acentuada deste livro. Enoque tinha desaparecido de cena. A sua carreira, como estrangeiro na terra, tinha terminado na transladação para o céu. Ele fora levado antes que a maldade humana tivesse atingido o seu máximo, e, portanto, antes do julgamento divino ter sido desencadeado[1]”

Questões sobre o Dilúvio

“Estudar o livro de Gênesis associa duas atitudes do cristão que dele se aproxima: devoção e intelectualidade. Devoção, pois nele encontram-se as palavras de Deus, suas orientações, ensinos e exortações. Intelectualidade, pois nele também encontram-se obstáculos para a compreensão da verdade exposta em suas páginas. Portanto, se pudermos atentar para essas duas disposições mentais certamenteContinuar lendo “Questões sobre o Dilúvio”

Outras questões sobre o Dilúvio

Outra questão que tem feito pessoas rejeitarem o relato bíblico do dilúvio é sua relação com as águas. Entre os cristão também encontramos certas dúvidas com relação ao evento descrito nas escrituras em função da quantidade de água que vê-se nesse relato. Nesse tópico tentaremos tratar desse assunto, sem a pretensão de esgotar as perguntasContinuar lendo “Outras questões sobre o Dilúvio”

O Dilúvio foi Universal ou Local?

Outra questão ligada ao Dilúvio se refere a sua abrangência: Foi o dilúvio Local ou Universal? Quando se faz essa pergunta não se propõe ignorar o relato das escrituras e buscar em fontes alternativas as respostas para essa questão. A intenção é observar o que dizem as escrituras sobre o assunto.

A História de Três Irmãos: Caim, Abel e Sete

O estudo sobre Caim e Abel é certamente um ponto controvertido no livro de Gênesis. Para falar com franqueza, os primeiros 11 capítulos de Gêneses têm caráter controvertido. É bem verdade que tais dificuldades hermenêuticas não são insolúveis ou sem propostas de tratamento, entretanto, ainda assim são cercadas de ceticismo.