A Figura Histórica de Jesus Cristo

Introdução “Jesus Cristo foi apenas uma entidade ideal, criada para fazer cumprir as escrituras, visando dar sequência ao judaísmo em face da diáspora, destruição do templo e de Jerusalém. Teria sido um arranjo feito em defesa do judaísmo que então morria, surgindo uma nova crença” – La Sagesse – Jesus Cristo Nunca Existiu, pp.7 (http://pt.scribd.com/doc/17694243/La-Sagesse-Jesus-Cristo-Nunca-Existiu).Continuar lendo “A Figura Histórica de Jesus Cristo”

Cristo Realmente Existiu? – Parte 1

Jesus Cristo realmente existiu? – Parte 1 from Marcelo Berti on Vimeo. Nesse vídeo trataremos da introdução do curso de cristologia oferecido por Marcelo Berti na Igreja Batista Cidade Universitária durante os meses de Maio e Junho de 2011. A pergunta a ser respondida nesse vídeo é: Jesus Cristo realmente existiu? Para responder a essaContinuar lendo “Cristo Realmente Existiu? – Parte 1”

Epístola a Diogneto e sua visão de Cristo

A Epístola a Diogneto é um belo e curto tratado apologético em favor do Cristianismo e não foi citado por nenhum cristão antigo ou medieval, e sobreviveu por meio de um único manuscrito que foi destruído em 1870. O autor é desconhecido e anônimo e sua data tem sido apresentada em algum lugar entre osContinuar lendo “Epístola a Diogneto e sua visão de Cristo”

A Epístola de Barnabé e sua visão de Cristo

O documento antigo conhecido como Epístola de Barnabé é uma carta preservada pelo Códice Sinaítico datado entre o terceiro e quarto século depois de Cristo. Trata-se de uma versão completa do Novo Testamento, que tem anexada após Apocalipse, juntamente com a obra do Pastor de Hermas. Entretanto, a antiguidade do documento é atestada pelas citaçõesContinuar lendo “A Epístola de Barnabé e sua visão de Cristo”

Inácio de Antioquia e sua visão de Jesus Cristo

Inácio foi Bispo de Antioquia nasceu na Síria por volta do ano 50dC e morreu entre 98 e 117 dC. Também conhecido como Teodóforo, Inácio foi provavelmente amigo pessoal de Policarpo e discípulo pessoal de João, o discípulo amado. Segundo Eusébio de Cesaréia, ele foi o terceiro bispo em Antioquia depois de Pedro e oContinuar lendo “Inácio de Antioquia e sua visão de Jesus Cristo”

É possível afirmar a historicidade de Cristo?

Nos últimos dias no Teologando publicamos alguns artigos sobre a historicidade de Cristo fundamentado basicamente em evidências encontradas em escritores não cristãos. Embora outros pudessem ser considerados, os que mencionamos aqui oferecem um claro esboço da evidência extra bíblica favorável à existência de Cristo. Sabemos, entretanto, que esse esboço apenas inicia a apresentação de CristoContinuar lendo “É possível afirmar a historicidade de Cristo?”

Talmude e a Historicidade de Cristo

Talmude é a transliteração da palavra hebraica que significa “instrução, aprendizado”, proveniente da raiz do termo que significa “ensinar” ou “aprender”. O Talmude é composto por dois diferentes compêndios: (1) com a produção de citações anteriores ao ano 200dC., e provavelmente posteriores a 70dC., é conhecida como Mishná; (2) com a produção possivelmente posterior aoContinuar lendo “Talmude e a Historicidade de Cristo”

Celso e a Historicidade de Cristo

Celso foi um filósofo grego neoplatonista opositor do Cristianismo do segundo século que escreveu seu principal ataque pouco depois de Luciano ter escrito The death of Pelegrinus. O seu trabalho ficou conhecido como o primeiro escrito, dentre os que conhecemos hoje, que ataca o cristianismo: The True Word. Sua principal tese é demonstrar que JesusContinuar lendo “Celso e a Historicidade de Cristo”

Luciano de Samosata e a Historicidade de Cristo

Luciano de Samosata foi um escrito sírio que escrevia em grego ático e em suas obras aproveita para tratar com escárnios e sátiras o cristianismo e o seu fundador, Jesus Cristo. Poucos detalhes da sua vida são facilmente verificáveis, inclusive, suas próprias palavras em relação a si mesmo são aparentemente controversas: Ele se denomina sírio,Continuar lendo “Luciano de Samosata e a Historicidade de Cristo”

Mara Bar-Serapião e a Historicidade de Cristo

Mara Bar-Serapião era um filósofo estoico da província romana da Síria que tornou-se amplamente conhecido em função de uma carta que teria escrito a seu filho, também chamado Serapião, que segundo Robert E. Voorstpor fora escrita volta do ano 73 dC (VOORST, Robert E. Jesus outside the New Testament: An introduction to the ancient evidence.Continuar lendo “Mara Bar-Serapião e a Historicidade de Cristo”

Talo e a Historicidade de Cristo

Talo é normalmente reconhecido como um antigo historicista samaritano que escreveu em grego koinê, possivelmente entre 50 e 55dC. Sabemos isso em função da menção de Julio Africano (Fragments, XII), Lactantius (Divine Institutes, XIII), Teófilo (To Autolycous, III, XXIX), Tertuliano (Apology, X), Justino Mártir (Horatory to address to the greeks, IX; todos alistados em: ROBERTS,Continuar lendo “Talo e a Historicidade de Cristo”

Suetônio e a historicidade de Cristo

Gaio Suetônio Tranquilo foi um historiador romano que também deve ser lembrado na pesquisa sobre a historicidade de Cristo. Gary Habermas em seu livro The Historical Jesus, afirma que “pouco se sabe sobre ele, exceto que ele era o secretário chefe do Imperador Adriano (117-138 dC) e que tinha acesso aos registros imperiais” (HABERMAS, Gary,Continuar lendo “Suetônio e a historicidade de Cristo”